Arquivo para white stripes

2010’s: Japandroids

Posted in Música, Novidades with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on julho 8, 2010 by Jonatas

Para começar, o nome dessa banda é genial: Japandroids. Não consigo imaginar um nome mais nerd para uma banda formada por… nerds. O Japandroids é um duo canadense de garagem formado por Brian King (físico) e David Prowse (antropólogo). E só. São apenas os dois, com uma guitarra e uma bateria no melhor estilo White Stripes de existir. A grande diferença está nas influencias sonoras. Jack White é profundamente ligado ao rock clássico, blues e guitarras virtuosas. Já esses caras são sujos e crus, e preferem aquela barulheira da guitarra bruta sem muito trabalho para tocar, mas com muita espontaneidade. Ficam claras as influências de stoner-rock, garage-rock e até mesmo hard-rock em suas faixas.

Desde 2006 na estrada, só agora com o relançamento do EP “No Singles” ganharam algum destaque graças às maravilhas que a internet pode prover. Encabeçaram os artistas mais bloggados por semanas consecutivas no The Hype Machine, espécie de site que serve de termômetro para o que há de novo e bom por ai. Foi o suficiente para ganharem espaço em muitos festivais pela Europa e EUA. Seu disco de estréia, “Post-Nothing” lançado em 2009, foi citado como “melhor redescoberta em 2010” pelo semanário britânico NME.

Particularmente, não vejo nada de inovador, nem promissor no som deles. O som lembra muito Death From Above 1979, que era uma ótima banda (aliás, uma das minhas preferidas) e A Place To Bury Strangers. Existe alguma semelhança também com alternativo-experimental que pegou no final dos anos 80, como Jesus and Mary Chain e Sonic Youth. Mas é um som que diverte muito! Pelo que comentam, a presença de palco dos caras deve ser muito boa! E é disso o que precisamos não é mesmo? Boas energias.

Fato rápido: O nome Japandroids é uma homenagem a duas bandas que influenciaram Prowse e King. São elas Japan Scream e Pleasure Droids, respectivamente.

#15:15

Posted in Random with tags , , , , , , , , , , , , on janeiro 10, 2009 by Jonatas

science_of_sleep

Na dúvida do que fazer da vida no final de semana, vá ao Museu da Imagem e do Som (MIS) em São Paulo e veja a exposição do cineasta Michael Gondry“Rebobine Por Favor”, idealizado pelo famoso diretor francês e  baseado  no filme de mesmo nome, permite que os visitantes gravem seus próprios filmes, passando por dois workshops para aprender um pouco da criação de roteiros e planejamento básico de filmes. Os vídeos produzidos, claro, ficarão disponíveis para o público da amostra ver.

Gondry ficou famoso pelo filme Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças, mas principalmente por dirigir clipes incríveis de artistas como Björk, White Stripes e Chemical Brothers. (Clique nos links para ver alguns vídeos).

O projeto vai até dia 11 de janeiro (amanhã, domingo). Portanto, se estiver afim de ir, corra. Mas se essa não for sua praia e não quer morrer de tédio tente:

1 Balada: no Studio SP vai rolar aprensentação da Miranda Kassin, bastante legal.

1 Filme: de preferência A Troca, dirigido por Clint Eastwood e com Angelina Jolie e John Malkovich. O blog é de música, mas  filmes são sempre rock’n’roll.

Só não vá morrer de tédio ;)