Arquivo para garage rock

2010’s: Cage the Elephant

Posted in 2010's, Música, Vídeos with tags , , , , , , , , , , on julho 23, 2010 by Jonatas

Inconsequentes, intransigentes, indiferentes e incontestáveis. Numa década politicamente correta, os americanos do Cage The Elephant levam totalmente a sério o espírito e a postura rock’n’roll de ser. Frequentemente se apresentam alcoolizados. Já foram flagrados diversas vezes fazendo sexo com groupies no backstage ou consumindo drogas abertamente. Ver algum deles passando mal por uma ressaca, ou vomitando nos palcos é bastante comum. A personalidade insana e autodestrutiva dos integrantes fica extremamente ressaltada quando são tomados pelo frenesi de suas canções e resolvem se jogar na platéia com instrumentos e tudo. Aliás, isso ocorre pelo menos umas 5 vezes durante uma apresentação corriqueira. Em grandes festivais não dá para contar… A diversão está sempre em primeiro lugar e nunca há tempo ruim.

O som reflete bem o bom humor de seus integrantes e toda sua paixão pela vida. Misturando rock’n’roll clássico, garage-rock, grunge e pós-grunge, rock-alternativo e até mesmo country conseguem fazer um som originalmente sujo mas que não desagrada. As canções transitam pela calmaria e velocidade pesada como se toda banda de rock tocasse assim.

A banda Cage The Elephant já não é tão nova. Em 2007 a banda se destacou no bagunçado festival South By Southwest conseguindo fechar um contrato com a gravadora EMI. Nessa época se apresentavam com o nome Perfect Confusion, que resolveram deixar de lado. Daí pra frente vieram as alegrias: uma tournê americana com as bandas The Pidgeon Detectives, Silversun Pickups e Manchester Orchestra. As apresentações eram tão badaladas que em 2009 foram convidados como headliners de um palco alternativo do festival Lollapalooza. Claro que as vendas de discos aceleraram e era apenas uma questão de tempo atingir as grandes paradas. Os single “Back Against the Wall” alcançou o primeiro lugar da Billboard e permanece entre as 50 melhores faixas desde o começo do ano. Já a faixa “Ain’t No Rest for the Wicked” entrou na trilha do filme “Caçador de Recompensas” destacando-se das demais faixas da trilha ao aparecer no trailer.

Segundo o site oficial, o segundo disco da banda deve sair ainda em 2010. Para conhecer mais, visite o MySpace.

2010’s: Japandroids

Posted in Música, Novidades with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on julho 8, 2010 by Jonatas

Para começar, o nome dessa banda é genial: Japandroids. Não consigo imaginar um nome mais nerd para uma banda formada por… nerds. O Japandroids é um duo canadense de garagem formado por Brian King (físico) e David Prowse (antropólogo). E só. São apenas os dois, com uma guitarra e uma bateria no melhor estilo White Stripes de existir. A grande diferença está nas influencias sonoras. Jack White é profundamente ligado ao rock clássico, blues e guitarras virtuosas. Já esses caras são sujos e crus, e preferem aquela barulheira da guitarra bruta sem muito trabalho para tocar, mas com muita espontaneidade. Ficam claras as influências de stoner-rock, garage-rock e até mesmo hard-rock em suas faixas.

Desde 2006 na estrada, só agora com o relançamento do EP “No Singles” ganharam algum destaque graças às maravilhas que a internet pode prover. Encabeçaram os artistas mais bloggados por semanas consecutivas no The Hype Machine, espécie de site que serve de termômetro para o que há de novo e bom por ai. Foi o suficiente para ganharem espaço em muitos festivais pela Europa e EUA. Seu disco de estréia, “Post-Nothing” lançado em 2009, foi citado como “melhor redescoberta em 2010” pelo semanário britânico NME.

Particularmente, não vejo nada de inovador, nem promissor no som deles. O som lembra muito Death From Above 1979, que era uma ótima banda (aliás, uma das minhas preferidas) e A Place To Bury Strangers. Existe alguma semelhança também com alternativo-experimental que pegou no final dos anos 80, como Jesus and Mary Chain e Sonic Youth. Mas é um som que diverte muito! Pelo que comentam, a presença de palco dos caras deve ser muito boa! E é disso o que precisamos não é mesmo? Boas energias.

Fato rápido: O nome Japandroids é uma homenagem a duas bandas que influenciaram Prowse e King. São elas Japan Scream e Pleasure Droids, respectivamente.