Arquivo de Experimental

#MM: Of Montreal – Coquet Coquette

Posted in #musicmonday, Música, Vídeos with tags , , , , , on agosto 2, 2010 by Jonatas

Empolgante, fofo, inteligente, dançante e esquisito. É assim que soam as canções do coletivo americano de indie-pop Of Montreal, espécie de Slipknot alternativo com uma porrada de integrantes no palco. O som pode não agradar nas primeiras audições, e para os ouvidos menos apurados sempre soará um pouco desagradável. Porém, aqueles que conseguem apreciar todas as experiencias sonoras proporcionadas por esse grupo espetacular, com toda certeza tornar-se-á fã.

Rumando para o seu décimo disco entitulado “False Priest”, a banda é considerada uma das mais competentes e completas da atualidade, apresentando muita maturidade musical e energia. Os shows teatrais, marca registrada da banda, são um espetáculo à parte que dão movimento e vida para cada nota e muita inspiração para o público presente.

A faixa “Coquet Coquette” é o primeiro single desse novo trabalho que deverá ser lançado em setembro, cerca de dois meses antes de trazerem para o Brasil sua aclamada apresentação no festival Planeta Terra. Simples e direta, o single consegue trazer um pouco da frequência frenética do que está por vir.

Vai perder essa truta?

Para conhecer mais do Of Montreal, visite o MySpace da banda e seu site oficial.

Made In Brazil: Medulla

Posted in Made In Brasil, Novidades, Vídeos with tags , , , , , , , , on julho 20, 2010 by Jonatas

Ouvindo Medulla da para acreditar que o rock nacional ainda tem salvação. Letras incrivelmente inteligentes cheias de frases marcantes com forte apelo crítico munidas de um instrumental pesado que não excede os limites do bom senso e fortalecem o poder da voz rouca dos gêmeos Keops e Raony. Tudo soa perfeitamente no lugar trazendo um enorme leque de influencias que passam por diferentes vertentes musicais como new-metal, dub, jazz, MPB e hip-hop, mesclados em uma experimentação agradável.

Desde 2005 na estrada, possuem um disco espetacular lançado que passeia por ótimas faixas como “O Circo”, “Munição na Mamadeira” e “Susi”. Há também uma releitura da faixa “O Velho”, originalmente famosa na voz de Chico Buarque. Desde então estão lançando um novo disco em partes, através de compactos publicados em diferentes formatos (fitas k7, pen drives, mp3, etc). Serão no total quatro compactos que além das faixas inéditas trazem material multimídia e videos. O terceiro compacto entitulado “Capital Erótico” deve ser lançado em breve.

O som da Medulla já foi comparado com O Rappa, o que abriu portas para a inserção de seus trabalhos na mídia e em festivais de renome nacional. O clipe da música “O Novo” (acima) chegou a entrar nas paradas da MTV Brasil, provando que ainda existe um pouco de cérebro nessa remessa fraca de adolescentes. Torço para que encontrem o sucesso que merecem, afinal, não é todo dia que ouvimos algo tão bom!

Para conhecer mais do Medulla e acompanhar os lançamentos dos compactos, visite o MySpace oficial da banda. Lá também tem links para diversas redes sociais em que estão presentes ;)

NIN cancela show no Brasil

Posted in Música, Shows with tags , , , , , , on setembro 17, 2008 by Caks

A banda Nine Inch Nails cancelou o show que faria em São Paulo no dia 7 de outubro, alegando “imprevistos técnicos”. O NIN também faria um show em Porto Alegre no dia 9 de outubro, esse também foi cancelado, no dia 11 de setembro, devido a baixa venda dos ingressos.

A produtora Mondo Entretenimento comunica que as pessoas que já compraram seus ingressos serão devidamente reembolsadas a partir de sexta-feira, dia 19. Para quem efetuou a compra através do cartão de crédito, terá o cancelamento da mesma.

UPDATE: Show em Bogotá também já era. Parece que o Nine Inch Nails não descerá para lugar nenhum na América Latina. Basta saber se os shows do Chile e Argentina ainda farão parte da turnê.

Discoteca: Os Mutantes – Os Mutantes

Posted in Cultura Pop, Música with tags , , , , , on setembro 10, 2008 by Jonatas

Ano: 1968

01) Panis Et Circenses

02) A Minha Menina

03) O Relógio

04) Adeus Maria Fulô

05) Baby

06) Senhor F

07) Bat Macumba

08) Le Premier Bonheur Du Jour

09) Trem Fantasma

10) Tempo no Tempo (Once Was a Time I Thought)

11) Ave Genghis Khan

O Brasil para o mundo era sinônimo de carnaval, praias, futebol e belos corpos naquela época (E não mudou nada ainda hoje). Mas no final da década de 60 a coisa mudou. Alguns jovens com influência de hippies e de músicas que haviam escutado em São Francisco ou Londres, distorceram toda a música popular brasileira, introduzindo levadas rock, blues e jazz, e até mesmo reaggea e folk nas composições brasileiras. Óbvio que isso irritou completamente os políticos de direita, esquerda e centro, que comandavam a ditadura no país nesse período. Essa distorção ficou conhecida como Tropicalismo.

Os Mutantes surgiram no centro desse turbilhão. Músicas distoantes que misturam um pouco de tudo, e até mesmo efeitos eletrônicos, compõem um dos melhores discos brasileiros já produzidos. Até hoje escutamos diversas canções desse disco nas  vozes de outros artistas como a banda Relespública, Marisa Monte, Pato Fu e outros. Sua música pop e ao mesmo tempo experimental ganhou o mundo e virou referência. Perto de artistas revolucionários da época, como Chico Buarque, Caetano Veloso e Gilberto Gil, não parece ter muita força… Mas entrelinhas esconderam um mundo maravilhoso que marcou a história.

Confere ai a Rita Lee novinha ;~

Discoteca: Elvis Costello – My Aim Is True

Posted in Discoteca, Música with tags , , , on agosto 30, 2008 by Jonatas

Artista: Elvis Costello

Disco: My Aim Is True

Ano: 1977

01. Welcome to the Working Week

02. Miracle Man

03. No Dancing

04. Blame It On Cain

05. Alison

06. Sneaky Feelings

07. (The Angels Wanna Wear My) Red Shoes

08. Less Than Zero

09. Mystery Dance

10. Pay It Back

11. I’m Not Angry

12. Waiting For the End Of the World

Esse disco rápido de Costello, gravado em apenas seis sessões de quatro horas num estúdio amador possui uma qualidade ímpar, principalmente nas composições, que mesmo depois de formar os Attractions ele nunca mais conseguiu conquistar. Um album repleto de anseios e que expressa abertamente sua insatisfação com o mundo. Um album punk, muito mais punk do que os Ramones que nesse mesma época lotavam o CBGB’s, e ao mesmo tempo extremamente elaborado. Totalmente diferente desse Elvis Costello que lembramos por participar da trilha sonora de filmes romanticos e chicletinhos como “She”. Com certeza, depois que ouvir ele vai mudar sua opinião sobre o cara.
Não conhece??? Então dá uma conferida em “Red Shoes”, ao vivo, em 1978.

E pensar que esse cara um dia foi programador da HP…

Pixies de volta? Será?

Posted in Cultura Pop, Música with tags , , , on agosto 28, 2008 by Jonatas

Esta semana, Frank Black, líder da banda Pixies afirmou que existem possibilidades de gravarem um novo trabalho em breve. Segundo o cara, a banda não pode mais continuar tocando músicas antigas ao vivo e precisam de uma nova safra criativa. Pra ter uma idéia, o último disco de inéditas da banda foi o “Trompe Le Monde” de 1991.

Todo mundo conhece os Pixies, mesmo que não saiba disso. Quem nunca cantarolou “Here Comes Your Man” ou não se emocionou com o final do filme Clube da Luta, quando os prédios desmoronam tocando ao fundo “Where Is My Mind?”
Só pra refrescar a memória, confere abaixo o clipe da primeira faixa citada ;)

Dica Brasuca: Ecos Falsos

Posted in Música with tags , , , on agosto 27, 2008 by Jonatas

Ecos Falsos é um grupo paulista, bem recente, cujo principal objetivo é fazer um rock marciano. Marciano porque Ecos Falsos é uma referência ao som que americanos imbecis procuram no espaço, uma nomenclatura para o contato extra-terrestre que nunca aconteceu. Convenhamos que é muito criativo e original, e melhor ainda, em português!
Mas não só por isso. O som dos caras também é bem estranho. É uma variedade incrível de coisas juntas que variam desde boleros até batuques metralhados, riffs elaborados e sarcasmo em abundância. Criatividade e bom gosto é o que não falta na banda.

Hoje (27/08) farão uma apresentação no Studio SP (uma das casas mais legais de Sampa City), abrindo pra Mallu Magalhães esquisitinha mas fofa. Quem estiver em São Paulo e puder conferir, vale muito a pena. Vai rolar também uma discotecagem da Miss Má, que é sempre bacana! Agora chegar de merchan hahaha xD

Se você não pode ir, dá pra ouvir os caras facinho no MySpace. Por fim, deixo aqui um vídeo bem legal do single “Réveillon”.

“Indie-metal cabeção”