Arquivo para electropop

2010’s: Two Door Cinema Club

Posted in Música, Novidades, Vídeos with tags , , , , , , , , , , on junho 28, 2010 by Jonatas

 

A maior parte dessas bandas novas que ganham enorme destaque na mídia mundial são bastante efêmeras. Duram dois ou três hits de um álbum de estréia interessante, mas somem quando tentam lançar um segundo disco por não atingirem mais aquela espectativa ou maturidade musical esperados. Foi assim com os brasileiros do CSS (Cansei de Ser Sexy) e muitas das bandas denominadas new-rave, como Klaxons e Late Of the Pier. E no meu ponto de vista, com o Two Door Cinema Club não será diferente. Posso estar enganado, mas arrisco que essa pode ser mais uma dessas bandas de um disco só.

O disco de estréia “Tourist History” é bem legal. Tem algumas músicas memoráveis, ótimas para pistas de dança e para momentos felizes. Mostram que o trio formado em 2007 na Irlanda do Norte tem energia para gastar e muita criatividade. Mas não concretiza o futuro da banda como grande promessa. É apenas uma banda legal para momentos legais que aparentemente cairá no esquecimento em quatro ou cinco anos, mas que vale a pena ser escutada pela força de vontade e originalidade em algumas faixas.

Para escutar mais faixas da banda, visite o MySpace e o Site Oficial.

Anúncios

00’s: The Black Ghosts

Posted in Música with tags , , , on agosto 19, 2008 by Jonatas

Nessa coluna irei postar informações sobre bandas novas legais pro povo parar de dizer que ninguém lança nada bom ultimamente. Pra começar os Black Ghosts.

The Black Ghosts é uma dupla inglesa de electropop que lançou uma série de singles promissores na internet e que recentemente lançou um disco carregado de personalidade e inovação de título homônimo. A banda trás singles cheios de referências à bagagem cultural de seus criadores. As letras sombrias e enxarcadas de um horror fantástico trazem citações de Edgard Allan Poe e até violinos distorcidos, tudo bem misturado com samplers de Atari e outros efeitos eletrônicos embasbacantes. Uma nuvem gótica paira sobre a música eletrônica maligna criada pelo duo.

Mas não espere nada muito dark, do mal, pra dançar com as paredes. Todas as canções trazem uma energia incrível e dançante. Ninguém consegue ficar parado, a menos que seja blazé demais para isso.

Para conhecer o material dos caras, basta entrar no MySpace ou no site oficial.