Arquivo de alternative-metal

Made In Brazil: Medulla

Posted in Made In Brasil, Novidades, Vídeos with tags , , , , , , , , on julho 20, 2010 by Jonatas

Ouvindo Medulla da para acreditar que o rock nacional ainda tem salvação. Letras incrivelmente inteligentes cheias de frases marcantes com forte apelo crítico munidas de um instrumental pesado que não excede os limites do bom senso e fortalecem o poder da voz rouca dos gêmeos Keops e Raony. Tudo soa perfeitamente no lugar trazendo um enorme leque de influencias que passam por diferentes vertentes musicais como new-metal, dub, jazz, MPB e hip-hop, mesclados em uma experimentação agradável.

Desde 2005 na estrada, possuem um disco espetacular lançado que passeia por ótimas faixas como “O Circo”, “Munição na Mamadeira” e “Susi”. Há também uma releitura da faixa “O Velho”, originalmente famosa na voz de Chico Buarque. Desde então estão lançando um novo disco em partes, através de compactos publicados em diferentes formatos (fitas k7, pen drives, mp3, etc). Serão no total quatro compactos que além das faixas inéditas trazem material multimídia e videos. O terceiro compacto entitulado “Capital Erótico” deve ser lançado em breve.

O som da Medulla já foi comparado com O Rappa, o que abriu portas para a inserção de seus trabalhos na mídia e em festivais de renome nacional. O clipe da música “O Novo” (acima) chegou a entrar nas paradas da MTV Brasil, provando que ainda existe um pouco de cérebro nessa remessa fraca de adolescentes. Torço para que encontrem o sucesso que merecem, afinal, não é todo dia que ouvimos algo tão bom!

Para conhecer mais do Medulla e acompanhar os lançamentos dos compactos, visite o MySpace oficial da banda. Lá também tem links para diversas redes sociais em que estão presentes ;)

#MM: Cypress Hill feat. Tom Morello – Rise Up

Posted in #musicmonday, Vídeos with tags , , , , , , , , , on julho 19, 2010 by Jonatas

Impossível não se deliciar com uma música do Cypress Hill. Desde o começo da década de 90 produzem o melhor do hip-hop, cheios de influencias latinas, rock, eletrônica e até mesmo reaggea. São dos poucos músicos que se encontram num patamar intocável e que dificilmente lançam um trabalho chato ou cansativo.

Trilhando pela sonoridade do Rage Against the Machine, banda matriz do guitarrista Tom Morello convidado especialmente para essa faixa, o Cypress Hill mostra que mesmo com 20 anos de estrada ainda podem se reciclar. Sem abusar do gansta-rap fazem uma canção cheia de consciencia com um bom refrão marcante. As linhas de baixo acentuam a sagacidade empírica da faixa e impulsionam texturas dançantes que empolgam já na primeira audição. Uma canção que ficaria perfeita na voz de Zack De La Rocha e levantaria as multidões que o acompanham nos shows, mas que ao mesmo tempo mantém a identidade musical do Cypress Hill.

Uma ótima faixa para fãs de rock e pessoas que se interessam pelo bom hip-hop.

#MM: Mansun – Wide Open Space

Posted in #musicmonday, Vídeos with tags , , , , , , on julho 12, 2010 by Jonatas

A banda britânica Mansum é um daqueles grandes exemplos de bandas independentes que poderiam alcançar lugares inimagináveis, mas não tiveram suporte suficiente para sair de seu país e abraçar o mundo. Formados em 1995, lançaram 4 discos em sua curta caminhada que terminou em 2003 com o rompimento do grupo. Com um rock alternativo pesado regado à influencia do pós-grunge e britrock, beirando o alternative-metal, vocais incrivelmente limpos e refrões memoráveis, puderam presentear nossos ouvidos com canções surpreendentes como a perfeita “Wide Open Space”, único hit da banda que alcançou as rádios.

A faixa é tão completa que chamou a atenção de gravadoras e produtores após alcançar a 15ª colocação nas paradas britânicas sem utilizar qualquer forma de divulgação que não os shows da banda. Claro que os caras do Mansun aproveitaram a oportunidade e fecharam alguns contratos elevando as vendas de seus EPs e permitindo a gravação oficial de seus discos posteriormente. Curiosamente a canção foi relançada em formatos diferentes diversas vezes junto a outros potenciais singles da banda como forma de impulsionar as vendas, ganhando até mesmo uma versão acústica e um remix de Paul Oakenfold. Mesmo assim, não foi suficiente para decolar a carreira da banda que sequer chegou aos EUA.

Para conhecer um pouco mais, visite esse MySpace. Não é oficial, mas tem algumas coisas bacanas ;D

A Volta do Bush

Posted in Música, Vídeos with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on junho 22, 2010 by Jonatas

Depois da ressurreição do Alice In Chains e Stone Temple Pilots diversas outras bandas expressivas dos anos 90 voltaram à tona, como Hole, Soundgarden, Rage Against the Machine, Smashing Pumpkins e até mesmo (pasmem) Guns’n’Roses. Logo, podemos esperar ai mais algumas reaparições e essa do Bush era completamente previsível.

O término da banda nunca ficou muito claro. Não houveram conflitos internos. Os integrantes apenas tinham interesses individuais. Alguns queriam produzir, outros queriam seguir em frente com a suas vidas em outras áreas ou simplesmente dedicar mais tempo à família. Caso esse do vocalista Gavin Rossdale (citado no post anterior) que na época namorava com a vocalista do No Doubt, Gwen Stefani, e tinha pretenções de casar e reproduzir (coisa que conseguiu fazer e perdura até o dia de hoje). Com o tempo Gavin fez uma investida solo para trilhas sonoras de filmes (“Adrenaline”, por exemplo, hit responsável pela venda absurda da trilha sonora do Triplo X), montou uma nova banda (Institute) e até chegou a atuar em filmes (o papel mais relevante foi o do híbrido demoníaco Baltazar em Constantine). Mas nada disso chegava aos pés do que um dia foi o Bush

Na década de 90 o Bush era supremo. Eram topo nas paradas da MTV e Billboard, gigantes nos palcos de festivais e donos de alguns dos singles mais memoráveis do pós-grunge. Até hoje nos EUA, é uma das bandas mais tocadas nas rádios perdendo apenas para Pearl Jam e Nirvana. Mas ai eles resolveram parar e todo aquele prestígio aparentemente ficou tímidamente escondido atrás de jovens bandas que evidenciavam a influencia da banda em suas canções. Mas ontem, Gavin Rossdale anunciou em seu Twitter que o Bush está de volta oficialmente

Não é uma surpresa, mas é uma ótima notícia! E podem ter certeza que a banda da sua esposa em breve voltará a atividade também. E eu aqui, particularmente, torço para que o Garbage também se reuna aproveitando essa onda noventista em pleno 2010.

Você não conhece Bush? Claro que conhece. Pode não lembrar, mas conhece. Em todo caso, joga ali no YouTube que tem muita música deles no gatilho. Aqui eu deixo só um gostinho do poder sonoro desses caras com o primeiro hit que escutei deles na MTV no meio da minha puberdade.

NIN cancela show no Brasil

Posted in Música, Shows with tags , , , , , , on setembro 17, 2008 by Caks

A banda Nine Inch Nails cancelou o show que faria em São Paulo no dia 7 de outubro, alegando “imprevistos técnicos”. O NIN também faria um show em Porto Alegre no dia 9 de outubro, esse também foi cancelado, no dia 11 de setembro, devido a baixa venda dos ingressos.

A produtora Mondo Entretenimento comunica que as pessoas que já compraram seus ingressos serão devidamente reembolsadas a partir de sexta-feira, dia 19. Para quem efetuou a compra através do cartão de crédito, terá o cancelamento da mesma.

UPDATE: Show em Bogotá também já era. Parece que o Nine Inch Nails não descerá para lugar nenhum na América Latina. Basta saber se os shows do Chile e Argentina ainda farão parte da turnê.