Arquivo para 90s

A Volta do Bush

Posted in Música, Vídeos with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on junho 22, 2010 by Jonatas

Depois da ressurreição do Alice In Chains e Stone Temple Pilots diversas outras bandas expressivas dos anos 90 voltaram à tona, como Hole, Soundgarden, Rage Against the Machine, Smashing Pumpkins e até mesmo (pasmem) Guns’n’Roses. Logo, podemos esperar ai mais algumas reaparições e essa do Bush era completamente previsível.

O término da banda nunca ficou muito claro. Não houveram conflitos internos. Os integrantes apenas tinham interesses individuais. Alguns queriam produzir, outros queriam seguir em frente com a suas vidas em outras áreas ou simplesmente dedicar mais tempo à família. Caso esse do vocalista Gavin Rossdale (citado no post anterior) que na época namorava com a vocalista do No Doubt, Gwen Stefani, e tinha pretenções de casar e reproduzir (coisa que conseguiu fazer e perdura até o dia de hoje). Com o tempo Gavin fez uma investida solo para trilhas sonoras de filmes (“Adrenaline”, por exemplo, hit responsável pela venda absurda da trilha sonora do Triplo X), montou uma nova banda (Institute) e até chegou a atuar em filmes (o papel mais relevante foi o do híbrido demoníaco Baltazar em Constantine). Mas nada disso chegava aos pés do que um dia foi o Bush

Na década de 90 o Bush era supremo. Eram topo nas paradas da MTV e Billboard, gigantes nos palcos de festivais e donos de alguns dos singles mais memoráveis do pós-grunge. Até hoje nos EUA, é uma das bandas mais tocadas nas rádios perdendo apenas para Pearl Jam e Nirvana. Mas ai eles resolveram parar e todo aquele prestígio aparentemente ficou tímidamente escondido atrás de jovens bandas que evidenciavam a influencia da banda em suas canções. Mas ontem, Gavin Rossdale anunciou em seu Twitter que o Bush está de volta oficialmente

Não é uma surpresa, mas é uma ótima notícia! E podem ter certeza que a banda da sua esposa em breve voltará a atividade também. E eu aqui, particularmente, torço para que o Garbage também se reuna aproveitando essa onda noventista em pleno 2010.

Você não conhece Bush? Claro que conhece. Pode não lembrar, mas conhece. Em todo caso, joga ali no YouTube que tem muita música deles no gatilho. Aqui eu deixo só um gostinho do poder sonoro desses caras com o primeiro hit que escutei deles na MTV no meio da minha puberdade.

Discoteca: Depeche Mode – Violator

Posted in Random with tags , , , , , , , on outubro 15, 2008 by Jonatas

01) World In My Eyes
02) Sweetest Perfection
03) Personal Jesus
04) Halo
05) Waiting For the Night
06) Enjoy the Silence
07) Policy Of Truth
08) Blue Dress
09) Clean

O Depeche Mode nunca quis alcançar a massa, mesmo quando lançou o disco Music For the Masses. Faziam músicas introspectivas, delicadas, sobre experiências pessoais e temas complexos como religião, imoralidade, pecados e incestos. Tudo regado a fortes levadas eletrônicas e experimentais que chegavam a distoar com o darkwave proposto por Martin Gore e David Graham. E esse disco, que levou a banda ao estrelato era o mais introspectivo de todos os lançados até o início dos anos 90.

Ainda hoje vemos milhares de bandas fazendo covers de “Personal Jesus” ou “Policy Of Truth”. Existem dúzias de remixes de “Waiting For the Night” e “Enjoy the Silence”. Até mesmo “Clean”, uma faixa depressiva semelhante à obras clássicas do Pink Floyd, ainda é uma das músicas mais baixadas na internet.

Violator é um disco curto, porém excencial. Ele mostra o grupo no auge de seu sucesso e criatividade, explicitando como algo pode se tornar um clássico e permanecer depois de tantos anos atual.